Responsabilidade corporativa

Compromissos

Promoção de uma economia sustentável e inclusiva

A ArcelorMittal Brasil participa ativamente de associações, no Brasil e no exterior, que reúnem outras empresas que buscam caminhos cada vez mais sustentáveis para o setor empresarial e, em particular, para o setor produtor de aço.

Para assegurar a promoção de uma economia mais sustentável e inclusiva, a Empresa mantém parcerias com universidades, instituições de pesquisa e outros setores industriais para a promoção de estudos e projetos relativos à atualização tecnológica, à novas aplicações para os seus produtos e à gestão sustentável dos negócios.

Tais parcerias podem se dar por meio de organismos específicos, como Instituto Aço Brasil (IABr), o Instituto ETHOS de Empresas e Responsabilidade Social ou o Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS).

A ArcelorMittal Brasil foi uma das primeiras empresas brasileiras a se tornar signatária do Pacto Global, da iniciativa da ONU e de adesão voluntária, que tem como objetivo estimular a construção de economia mais sustentável e inclusiva, com base em dez princípios-chave derivados da:

  • Declaração Universal dos Direitos Humanos;
  • Declaração da Organização Internacional do Trabalho sobre Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho;
  • Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento;
  • Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção.

A empresa alinha sua atuação com os dez princípios do Pacto Global:

  • Pacto global 1
  • Pacto global 2
  • Pacto global 3
  • Pacto global 4
  • Pacto global 5
  • Pacto global 6
  • Pacto global 7
  • Pacto global 8
  • Pacto global 9
  • Pacto global 10

Princípio 1

Respeitar e apoiar os direitos humanos reconhecidos internacionalmente na sua área de influência.

Princípio 2

Assegurar a não participação da empresa em violações dos direitos humanos.

Princípio 3

Apoiar a liberdade de associação e reconhecer o direito à negociação coletiva.

Princípio 4

Eliminar todas as formas de trabalho forçado ou compulsório.

Princípio 5

Erradicar efetivamente todas as formas de trabalho infantil de sua cadeia produtiva.

Princípio 6

Estimular práticas que eliminem qualquer tipo de discriminação no emprego.

Princípio 7

Assumir uma abordagem preventiva responsável e proativa para os desafios ambientais.

Princípio 8

Desenvolver iniciativas e práticas para promover e disseminar a responsabilidade socioambiental.

Princípio 9

Incentivar o desenvolvimento e a difusão de tecnologias ambientalmente responsáveis.

Princípio 10

Combater a corrupção em todas as suas formas, incluindo extorsão e suborno.


Veja também:

Busca de Produtos

Busca por área de interesse